A BIRRA! Ou um momento de fúria!

Publicado por Lola Sarmento em Papo de mãe

Fotografia: Dri Bresciani

- De vez em quando é de lascar. Ela me faz pagar o maior mico!

No meio do shopping minha filha se joga no chão, bate a cabeça, esperneia, e eu não sei o que fazer. Faz com que eu me sinta uma megera. A própria bruxa!

- O que fazer numa situação dessas?

Em primeiro lugar é necessário esquecer onde está e que tem plateia. Respirar fundo, manter a calma.

Sua filha teve um descontrole que é conhecido como “Birra”!

Além de se debater no chão alguns se arranham, mordem, enfim é um desespero.

Esse tipo de descontrole costuma acontecer entre os dois e quatro anos de idade.  Mas pode ocorrer antes e depois.

Nesta idade a criança não sabe como lidar com as frustrações e os “nãos” que recebe. Não tem amadurecimento emocional para enfrentar a raiva que sente. E sua raiva é intensa. E sai em forma de descontrole físico.

Lembre-se de quantas vezes você perdeu o controle: porque a empregada faltou, porque a reunião tão importante foi desmarcada, porque seu filho não dormiu e não deixou você dormir, porque alguma coisa te deixou contrariada. E você se sentiu uma mulher a beira de um ataque de nervos?

Então, com seu filho acontece a mesma coisa, e ele tem menos recursos que você para lidar com isso.

Quando isso ocorre em casa, é bem mais fácil.

Veja se há risco de que a criança se machuque. Se houver, pegue-a no colo, de forma carinhosa, porém com vigor para contê-la. Leve-a para um local protegido e deixe-a até que o descontrole passe. Se não há perigo, pode procurar distrair sua atenção, ou simplesmente sair do local com alguma desculpa.

Seu filho logo vai se acalmar.

Não se esqueça de pegá-lo no colo e sinalizar para ele sobre o que ele sente e como é difícil para ele lidar com essa situação. E que você está ali com ele para ajudá-lo e consolá- lo.

Quantas vezes ficamos inconsoláveis e arregimentamos um exército de amigas para falar, desabafar e obter consolo? Precisamos ensinar nossos pequenos que eles podem contar conosco.

Conforme forem crescendo vão aprendendo a lidar com essas situações e se percebermos como fizeram isso, vale a pena contar a eles para que aprendam para a próxima vez.

No caso do descontrole acontecer em público, como no shopping, por exemplo, o melhor é pegá-los no colo firmes e sair logo da situação.

Nada de bronca , pois é um descontrole por falta de amadurecimento emocional. A raiva jorra e eles não conseguem contê-la.

Conforme ficam mais velhos, alguns aprendem a utilizar isso para obterem o que querem. E às vezes conseguem.

Então é hora de repensar como estão lidando com estas situações. Se não conseguir sair dessa situação vale buscar ajuda de um profissional.

De Mãe para Mãe: Não é fácil! Não tem receita mágica. Esta fase passa!

Até a próxima semana!

 

Trackback

Lola Sarmento

Lola Sarmento

Trabalho em consultório há mais de 30 anos,com gestantes, mães e seu bebês, adultos, crianças e orientação de pais. Sou formada em psicanálise pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana.

Comentários (2)

  • Junior

    |

    Pois é, é o que eu me pergunto: comemorar o que? Vejo as pessoas se entre parabenizando e não compreendo o que há para celebrar. Estamos em um momento tão ruim e, mesmo pressionados pelas altas cargas de trabalho, baixos salários e escassez de oportunidades, as pessoas que estão dentro das redes sociais simplesmente se calam, se acomodam, se conformam, se submetem sem questionar absolutamente nada. A ordem é: cada um cuide de suas migalhas. Parabens pelo trabalho que voces estão fazendo. Abraço.

    Responder

  • Lola Sarmento

    Lola Sarmento

    |

    É isso aí Junior!

    Responder

Comente