Amar e amar… Sempre

Publicado por Lola Sarmento em Papo de mãe

Ilustração da Lulubel – Luciana Guerra

Diante dos últimos acontecimentos, fiquei pensando o melhor que podemos deixar para nossos filhos.

E sem sombra de dúvida, amor e confiança são o que todos nós procuramos pela vida e podemos dar a eles.

A mãe zelosa nos seus cuidados iniciais vai possibilitar um acolhimento que satisfaça as necessidades, através de uma rotina monótona que estabeleça a confiança do seu pequeno. Através de seu toque carinhoso, o seu bebê se sente vivo e estabelece assim suas primeiras relações com o mundo.

Aos poucos, para que o bebê possa crescer, a mãe vai possibilitar através de pequenas faltas, que seu filho se desiluda com ela, e vai consolá-lo para que ele possa passar por isso com tranquilidade.

E se tudo correr bem, o pequeno vai seguir seu caminho rumo a independência, e se tornar um ser humano inteiro, seguro, e amado.

Isso tudo estará em esboço até os três anos de idade, e nos anos seguintes virá a confirmação de tudo isso.

As mães terão adiados alguns planos e sonhos que poderão ficar para depois em prol da saúde emocional de seus filhos e com certeza não se arrependerão.

Os pais estarão no inicio ao lado da mãe apoiando-as para que cuidem de seus filhotes e agora passarão a ter um papel ativo.

O que terão para lembrar nossos filhos?

-Com certeza dos momentos afetivos que viveram conosco.

-Da tarde de chuva com bolo e chocolate quente.

-Do dia em que não foi à escola porque estava doente e passou o dia na cama da mamãe como rei.

- Daquela comidinha que ele gostava e só ela sabia fazer.

-Das risadas.

- Das farras que faziam juntos.

-Do dia que a mamãe não foi trabalhar para ficar com ele.

-E tantas outras lembranças de momentos amorosos.

E as mamães com certeza se lembrarão com saudades de seus pequerruchos quando eram só seus, abraçados , aninhados, das gracinhas, e terão orgulho do adulto em que se transformaram.

De Mãe pra Mãe- Amem primeiro e sempre e depois também.

Um beijo

E até a próxima.

Lóla Sarmento

 

Tags: ,

Trackback

Lola Sarmento

Lola Sarmento

Trabalho em consultório há mais de 30 anos,com gestantes, mães e seu bebês, adultos, crianças e orientação de pais. Sou formada em psicanálise pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana.

Comente