As crianças e a onda da “Pedição”

Publicado por Helcio Viera em As histórias do papai

Nem existe esta palavra no dicionário, mas quando os meninos são pequenos as “pedições” são todos os dias.

A maioria dos pais, com filhos pequenos sai com alguma “pedição” todos os dias quando vai trabalhar.

Um carrinho, uma tiara, uma boneca, um chiclete ou chocolate.

Estes dias,  vi em pesquisa do Data Popular, que os pais das classes emergentes C e D são mais sensíveis ainda , as “pedições” dos queridinhos do papai e da mamãe. Os percentuais em relação às classes sociais A e B são bem maiores em fazer as vontades dos lindinhos.

Minha primeira e segunda ex –mulheres, não gostavam de supermercado. Eu que sempre fui… As “pedições” nas idas as compras são demais. Uma de minhas filhas hoje com 23 anos tinha uns 6, quando laçaram o “Vanish” é o tira manchas. Vocês não acreditam!! Ela me pedia para comprar nas suas “pedições”o tal do Vanish…

Como dizem muitos não basta ser pai tem que participar!  E eu sempre participei!! Nas idas ao supermercado, comprava e tudo e participava também nas comilanças de doces e chocolates, depois de parar de tremer lá pelas 2 horas da manhã. E lógico, escondido dos “pedidores”, que não ajudavam não descarregavam o carro, mas reclamavam muito quando consumíamos algo que comprávamos para eles!

Que droga hoje, com uma baita diabetes nem compro doces, se não daqui a pouco o açúcar que vai me comer…. rsrsrsrsrrs

São materiais de limpeza só os que nós precisamos.  Mas não posso me esquecer do Vanish, na próxima vez que for ao supermercado. Por quê? Depois de coroa virei um babão. Tenho umas duas camisas para tirar manchar, e sabe que o tal produto é bom!  Experimentei um dia, quando comprei lá atrás em um dos pedidos de minha lindinha Bianca hoje com 23 anos.

Até a semana que vem meus amigos papais e mamães.

Hélcio Vieira

http://semsura888.blogspot.com.br/

Trackback

Helcio Viera

Helcio Viera

Publicitário de carteirinha, atuou nos mais variados veículos e meios de comunicação na área comercial em São Paulo, Belo Horizonte e Salvador. Hoje cursa mestrado em Comunicação com ênfase em audiovisual.Tem 6 filhos de dois casamentos e tem paixão pelos cuidados aos filhos normalmente atribuídos a mãe.

Comente