As crianças são grandes consumidores na Internet

Publicado por Dona Joana em Educar

Kids Reading 230x160 Specialkrb

Cada vez mais cedo, as crianças mergulham no oceano de plataformas de entretenimento da Internet concebida para eles.

Muitas vezes nos perguntamos quando os computadores vão definitivamente desaparecer? Como será o futuro? Teremos revistas impressas? Como incentivaremos as crianças a lerem mais livros? É bem verdade que o formato digital é muito mais divertido! Muito mais interativo. Nossos filhos, nativos digitais vivem esta realidade.
Outro dia minha filha me perguntou como era a internet quando eu tinha a idade dela. Quando eu comentei que não existia internet, ela disparou: como você fazia para jogar com os seus amigos?
O avanço das novas gerações de nativos digitais à luz das tecnologias, apresenta estas perguntas e muito mais como testemunhas presentes das mudanças imprevistas.

Enquanto o número de internautas cresce, a oferta de conteúdo se multiplica em entretenimento e educação, incluindo marcas que visam este público alvo.  A Internet é parte do contexto das crianças, diz um estudo da KidBox.

A Web é parte do contexto das crianças. Mais de 60% das crianças entre 6 e oito 8 estão conectadas –  mas atenção,  isso não significa que o façam em um único dispositivo.  São várias telas que disputam a atenção dos pequenos simultaneamente.  Aplicativos como Angry Birds, Talking Tom Cat, e o enigma de Toy Story são exemplos usados pelas crianças, destronando websites.

Na Web, as crianças “aprendem, se divertem, brincam e participam” mostra o estudo da KidBox.  As crianças em sua maioria procuram de jogos animais, carros e esportes. Meninas, no entanto, preferem música, canções e jogos, cozinhar e roupas, enquanto que os meninos preferem jogos de aventura, lutas e desafios.

Claro que o consumo depende do tipo de produto para o qual é estabelecida a conexão: em dispositivos móveis, os vídeos são o entretenimento favorito, seguido por jogos. Nos desktop, o consumo ocorre em sentido inverso. O fator idade também influencia: até cinco anos, os vídeos são a principal atividade. – isso explica o sucesso dos videos da galinha Pintadinha. A partir dos 5 anos de idade, os jogos vêm à tona.

Em breve, passaremos a ter contato com sites e aplicativos  cada vez mais intuitivos e com conteúdos preparados para engajar cada vez mais nossos pequenos.

Sim, seremos obrigados a nos repensar enquanto pais e mães! Teremos que acompanhar nossos filhos nesse oceano de informações e ajuda-los a mediar os conteúdos e as informações que eles receberão.

Imediatamente vem uma pergunta em nossas mentes: como fazer?  Como fica a segurança deles? Como fica a privacidade. Como escolher o que é melhor?

Calma! Algumas dicas bacanas:

1) Limite o tempo do seu pimpolho na web e em dispositivos como tablets e celulares

2) Ofereça outras opções de brincadeiras durante o final de semana

3) Esteja disponível para seu filho! Eu sei, é duro! Afinal, depois de um dia de trabalho não temos animo para nada! Mas lembre-se

seus filhotes precisam de você agora! Dedique um pouco do seu tempo a eles.

Finalmente, estar always on , entretido com as telas magicas não é ruim. Mas como tudo na vida, existem limites!

 

Trackback

Dona Joana

Dona Joana

Avó ideal! Divertida sem deixar de educar seus filhos e netos. Muito criativa, é capaz de inventar as mais fantásticas brincadeiras.

Comente