São Plácidas Todas as Horas que Nós Perdemos – recitado por Alexandre Borges

Publicado por Cuca em Literatura

Olá amigos,

No dia 13 de junho foi o aniversário do Poeta Fernando Pessoa. O meu padrinho, Alexandre Borges e seus amigos, recitaram na Fundição Progresso no  Rio de Janeiro, o espetáculo Poema Bar – Ricardo Reis – Pessoa 125 anos.

O Poema Bar contou com várias participações espontâneas da platéia entre elas, a minha madrinha Julia Lemmertz, o ator José Raposo. Junto com o Alexandre tivemos a participação  do Pianista João Vasco  de Portugal, das cantoras brasileiras  Mariana de Moraes  e Sofia Vitória, também de Portugal.

Se você não teve chance de assistir a este recital ao vivo,  conseguimos um presente especial: até o dia 30/06  o link do recital estará aberto e na integra:  Poema Bar com Alexandre Borges

Divulguem, emocionem-se e compartilhem com seus amigos.

PS: O Alexandre mandou um beijo para todos os meus amigos… :-) e pediu para que a gente colocasse um poema. Nos próximos dias teremos algumas outras poesias lindas. Gostou? ;-)

São Plácidas Todas as Horas que Nós Perdemos - Ricardo Reis, in “Odes” - Heterónimo de Fernando Pessoa

“Mestre, são plácidas
Todas as horas
Que nós perdemos,
Se no perdê-las,
Qual numa jarra,
Nós pomos flores.

Não há tristezas
Nem alegrias
Na nossa vida.
Assim saibamos,
Sábios incautos,
Não a viver,

Mas decorrê-la,
Tranquilos, plácidos,
Lendo as crianças
Por nossas mestras,
E os olhos cheios
De Natureza…

À beira-rio,
À beira-estrada,
Conforme calha,
Sempre no mesmo
Leve descanso
De estar vivendo.

O tempo passa,
Não nos diz nada.
Envelhecemos.
Saibamos, quase
Maliciosos,
Sentir-nos ir.

Não vale a pena
Fazer um gesto.
Não se resiste
Ao deus atroz
Que os próprios filhos
Devora sempre.

Colhamos flores.
Molhemos leves
As nossas mãos
Nos rios calmos,
Para aprendermos
Calma também.

Girassóis sempre
Fitando o sol,
Da vida iremos
Tranqüilos, tendo
Nem o remorso
De ter vivido”.

 

 

 

 

Tags: , , ,

Trackback

Cuca

Cuca

A Cuca tem 7 anos, tem cabelos ruivos (cor de chocolate), olhos claros, e sempre anda de Maria-chica!

Comente