Tempo para ser criança

Publicado por Lola Sarmento em Papo de mãe

-Mãe já estou velho, não tenho mais tempo para ser criança!

Escutei essa frase com um misto de surpresa e choque vindo de uma criança de dez anos.

É uma dessas crianças com a agenda superlotada, sem tempo para nada, sem tempo para ser criança.

Havia um quê de tristeza em sua colocação.

Um saber próprio de quem perdeu algo que talvez não possa recuperar.

Fiquei pensando nesse pequeno agora que começam as férias.

Tempo para ser criança.

Muitos privilegiados estão de viagem marcada com a família, quem sabe para fora do país, conhecer terras distantes.

Outros vão viver grandes aventuras na praia ou no campo.

E outros permanecerão em suas casas.

Mas onde tem criança tem imaginação. E no mundo da imaginação tudo é possível.

Caixas de papelão viram castelos, carrinhos, casinhas, e um sem fim de possibilidades. E assim, muitos materiais podem ser dados a eles e transformados por eles neste fabuloso planeta da criatividade em tudo que eles quiserem.

Assim ser criança independe de classe social, pois muitas vezes os brinquedos mais legais são os mais simples.

Criança gosta de criança. E nas férias, nada mais gostoso do que juntar um monte delas e deixá- las criar as brincadeiras. Assim uma hora brincam de correr, outra hora inventam um jogo, e aja fôlego para acompanhá- las.

Procure também se lembrar de fazer o que eles gostam de comer. Lógico que sempre pensando na boa alimentação, mas quem sabe, um bom almoço e no jantar um lanche?

Assim o estresse fica menor, e as férias inesquecíveis.

Cabe a nós, como mães, muito pouco com relação às férias: cuidar para que tenha alguém responsável que fique com eles, que estejam bem dormidos, alimentados, e neste verão, hidratados, e usem filtro solar. O resto é providenciar para que a diversão seja garantida. Material para brincar e se possível, amiguinhos.

Enfim nada como ser dono do próprio tempo e isso só é possível nas férias não é mesmo?

E férias, como essas de criança, tem data marcada para acabar. Assim o melhor é deixá- los aproveitar.

 

De Mãe para Mãe: Boas férias com seus filhotes. Curtam de montam.

Ótimo Ano Novo!!!

Um grande beijo e eu volto em fevereiro.

Trackback

Lola Sarmento

Lola Sarmento

Trabalho em consultório há mais de 30 anos,com gestantes, mães e seu bebês, adultos, crianças e orientação de pais. Sou formada em psicanálise pela Sociedade Brasileira de Psicanálise Winnicottiana.

Comentários (2)

  • lulubel luluca maluca

    |

    Quando acordei hoje ao som de harpas, que engraçado acordei com uma frase e vinha de uma voz conhecida de um senhor que já não vejo faz um tempo : Lulubel, viva o tempo da infância!!!!!!!

    Bem, hoje não mais tão velha para ela, mas nem tão jovem para vive-la.

    Quando vejo o Britadeira, que faz foguete e vai para a lua todos os dias e volta pintado de verde, azul, fico fascinada. Melhor ainda é ouvi-lo dizer que machucar o pé foi muuuuuito fácil vovô Querida, foi só pular alto, tão alto, que pum, machucou!

    E aí que mora o tempo da Infância!!!!!

    Quando eu diminuir, ou crescer quem sabe os dois ao mesmo tempo, eu vou escrever para você querida, sobre a visão do Britadeira, o que é o temo da Infância que ele tanto gosta!!!!!

    Beijos Mil!!!!!

    Lulubel

    Responder

  • Lóla Sarmento

    |

    É isso Lu. O tempo da infância, de ser criança não tem idade! Adorei. beijos

    Responder

Comente