Ter +1 cromossomo não muda o que somos

Publicado por Cuca em Responsabilidade social

A síndrome de Down é uma das causas mais frequentes de Deficiência Intelectual e também é a síndrome mais comum e de maior incidência na população, numa escala de 1:1000 crianças nascidas vivas.
Há estudos que apontam para a questão da idade materna, já que em 80% dos casos o cromossomo extra, é proveniente da mãe.

A síndrome de Down não é uma doença, não tem cura. No entanto, é importante que a criança seja estimulada desde cedo para que seu desenvolvimento aconteça de maneira mais tranquila e para que a mesma não tenha grandes defasagens em suas habilidades.

Logo ao nascimento, já é indicado que a família busque recursos de profissionais da área da saúde, principalmente, para que a criança ingresse nos programas de estimulação precoce, que podem acontecer tanto em organizações como a APAE DE SÃO PAULO, como nos Núcleos Integrados de Reabilitação (NIR) da sua região de moradia.

Está na hora de aprendermos a olhar para as pessoas além da síndrome de Down, pois as características individuais são inerentes a todos os seres humanos. Todos nós temos limitações! Somos bons em determinadas coisas e nem tão hábeis em outras.

Ter + 1 cromossomo, não muda o que somos.

 

Fonte: APAE-SP – Facebook

Colabore com a nossa causa! Doe!

Trackback

Cuca

Cuca

A Cuca tem 7 anos, tem cabelos ruivos (cor de chocolate), olhos claros, e sempre anda de Maria-chica!

Comente